17
abr

SAIA COURO PINTADA!

Olá queridas!

A aposta da estação são as saias lápis e as evasês, e agora estão vindo também em couro nessa modelagem….. Eu estou amando, pois estava sendo difícil encontrar saias bacanas, já que a moda antes, pedia comprimentos mínimos, e para nossa idade, não dá, né?!.
Um dos maiores erros das mulheres maduras, é se vestirem com roupas inapropriadas para sua idade, vocês não acham?

Hoje, segue um look bem informal, alegre e atual.
Olha que bacana que ficou a mistura de cores e texturas:

Sandro 07 034

Sandro 07 036

Sandro 06 119

Sandro 06 129

Saia,Patricia Vieira / regata, Isolda / sapato, Kate Spade / bolsa, Chanel / fotos, Sandro Albuquerque

Além de linda, a modelagem é uma ótima aliada para disfarçar gordurinhas indesejadas ou quadris muito largos. E, por incrível que pareça, também é ótima para criar um volume onde não tem: basta apostar em modelos com estampas amplas.

Gostaram?
Beijo grande para vocês!!!
Paola.

volte-sempre2


15
abr

SAIA XADREZ EVASÊ!

Olá queridas!!

O maior medo da mulher madura é parecer vulgar aos olhos dos outros, vocês não acham???
Eu tomo muito cuidado para o meu look não parecer menininha, adolescente…
Agora, como sempre falo aqui, uma bossa, temos que ter, ne??
E, ainda se somos apaixonadas por moda, é só tomar um pouco de cuidado e se olhar ao espelho antes de sair de casa.

Essa moda de saias evasês, foram feitas para nós.
Essa saia xadrez, tem tudo de bom para nós…. o xadrez, que veio com tudo nesse outono/inverno e o comprimento delicioso e elegante de se usar.
Usei com uma camiseta bem descolada, para descontrair o visual mais pesado da saia.
Espero que gostem!!!

Sandro 07 006

Sandro 06 093

Sandro 06 096

Sandro 06 089

Sandro 06 099

Invistam nas saias evasês… é a jovialidade com classe para as mulheres mais maduras!.

Beijo grande….

Paola…

volte-sempre2


14
abr

VESTIDO CLÁSSICO!

Olá Queridas!!!

Para nós, mulheres mais maduras, existe apenas um fator que define a escolha de um look, entre o corpo e a idade, este último sempre prevalece…..SEMPRE!!!

Um autoconhecimento, saber como funciona seu corpo, é fundamental para ter uma imagem mais interessante e coerente com quem você é. “Isso está diretamente ligado à idade também”!.

O estilo de uma pessoa não precisa mudar simplesmente porque os anos estão passando, Mas é preciso adequá-lo à nova realidade.
O fato de uma mulher ter um super corpo mesmo tendo mais idade não significa que seja legal ela usar o que usava quando era mais jovem. Então, cuidado…. a idade chegou, vamos adaptá-la da melhor maneira possível.

Segue hoje um modelo de vestido, super clássico, com inspiração Chanel, que fica muito elegante para nós….espero que gostem:

Sandro 07 058

Sandro 07 059

Sandro 07 069

Sandro 06 157

Sandro 06 160

Sandro 06 150

Vestido, Linda de Morrer / sandália, Arezzo / bolsa, Chanel / fotos, Sandro Albuquerque

Se uma mulher com formas perfeitas, com 25 anos, usar uma minissaia para um evento, vai chamar atenção pela beleza. Já uma com as mesmas formas, mas com 40+ anos, será interpretada de maneira completamente diferente. Por mais que a mulher tenha tudo ‘em cima’, não ouvirá os comentários adequados para sua idade!!!
Então, vamos assumir nossa idade com elegância e principalmente SABEDORIA!!!

Beijo grande….

Paola

volte-sempre2


11
abr

RENDA PINK!

Olá Queridas!!

Quem me segue no Insta ou Face, viu que usei esse vestido em um casamento, no sábado passado.
Com sua saia lápis, todo em richilieu, numa cor que favorece loiras e morenas, gostei demais dessa produção.
Algumas fotos eu fiz, antes da maquiagem e de prender o cabelo, confiram:

renda pink 03

Sandro 06 196

Sandro 07 115

Sandro 06 198

Sandro 06 182

Sandro 06 194

Sandro 06 193

renda pink1

Vestido Martha Medeiros / sapato, Louboutin / clutch, Sepui Marie

Gostaram????

Beijo grande….
Paola.

volte-sempre2


9
abr

FLORAL PRINT!

Olá Queridas!

AS flores darão o ar da graça e vão colorir os looks mais antenados nessa próxima estação. Falar de flores nas coleções primavera/verão, é quase pleonasmo, mas falar de estampa floral como tendência de outono/inverno é atípico.
Podem apostar, esse inverno mostrará o poder dos florais.

Sandro 06 061

Sandro 06 062

Sandro 06 070

Sandro 06 072

Vestido, Tigresse / bolsa, Chanel / sapato, Louboutin / fotos, Sandro Albuquerque

Dicas da Paola: Estampas médias e grandes não valorizam as mulheres muito baixas.

Grande beijo….
Paola.


6
abr

DANUZA LEÃO!

Olá Queridas!

Hoje vou falar de alguns livros de Danuza que eu li, gostei muito e indico para vocês lerem nesse feriado de abril…….

Para quem não sabe, Danuza tem 78 anos é  jornalista, escritora, ex modelo e  irmã da cantora Nara Leão. Escreveu por muito tempo, aos domingos na versão impressa do caderno “Cotidiano” da folha de São Paulo e também para a revista Cláudia. Ela abordava temas ligados às relações entre homens e mulheres, crianças, adolescentes, pais e filhos, além de assuntos do dia-a-dia. Seu maior sucesso foi um livro de etiqueta, “Na sala com Danuza”, que liderou a lista dos mais vendidos durante um ano, que  mais tarde, teve uma edição revista, “Na sala com Danuza2″.

Ela usa uma prosa deliciosa, uma ironia graciosa e às vezes uma pitadinha de amargura transparece, dando a impressão de que simplicidade é o que resta no final de todas as expectativas mais grandiosas, que se perderam e não o que de fato pode ser, ….uma conquista difícil, mas maravilhosa do tempo e da sabedoria sobre a loucura e a presunção dos nossos dias. 

Ela amou,  errou, sofreu e deu a volta por cima, e não deixa de ser  uma mulher admirável. É por esse motivo  que eu realmente me interesso pela leitura, pois  Danuza é  real e  igual a qualquer um de nós.

 

“FAZENDO AS MALAS”

Embarcamos nesse roteiro, acompanhando-a por quatro cidades européias: Sevilha, Lisboa, Paris e Roma.

Ela começa  narrando, que  seria  tudo simples, com apenas alguns telefonemas para agências e hotéis, se não precisasse  fazer as malas!

Como ela diz, costuma levar, segundo os seus critérios, o mínimo possível. Só que ela diz que seus critérios são “sempre exagerados”.

A alegria colorida das festas sevilhanas, os preços estratosféricos(e a qualidade nem tanto) das maisons e butiques parisienses, as tentações irresistíveis dos doces portugueses, e a elegância  e o romantismo dos homens romanos, são alguns temas desta viagem conduzida pelas mãos sábias de Danuza Leão. Ela encerra o livro com chave de ouro: “Com todas as agruras que é viajar hoje em dia, as filas no check-in, as revistas para ver se você não é terrorista, as malas que são desfeitas e refeitas, viajar ainda é das melhores coisas do mundo, e é bom aproveitar agora, já que os chineses estão chegando”……   .E, ainda no finalzinho do livro, o leitor encontra um roteiro com informações úteis sobre os hotéis, restaurantes, bares e lojas citados por Danuza.

 

“É TUDO TÃO SIMPLES”

Nossa, eu preciso  reler (várias vezes)  esse livro para  aprender  simplificar minha vida!

É um livro leve e fácil de ler, onde ela fala sobre famílias, o mundo GLS e as novas tecnologias com seu humor, que lhe  é  característico!

Ela conta que vendeu seu carro, mudou-se para um apartamento menor, desfez o guarda roupa e simplificou a vida à sua maneira, porém não dispensa suas viagens à Europa em primeira classe, seu caviar e outros luxos. O livro diverte e informa, apesar de  que não condiz muito  com a vida das classes brasileiras.

Vou apresentar algumas frases do livro, que até já compartilhei em redes sociais:

Boa educação não sai de moda e não é preciso ser rico para ser educado”

“A classe A aprendeu a olhar para certos símbolos de ostentação como sinônimo de mau gosto”

“Bom mesmo é sentar no sofá com um amigo e falar de tudo, das histórias que viveu, misturando reflexões profundas e corajosas com banalidades, na sua maneira pessoal peculiar de ver as coisas, de ver o mundo”.

“É, tudo mudou, e se antes havia os novos-ricos, agora surgiram os ex-pobres.”

“Simplicidade é o mais alto nível de sofisticação e ninguém pode ser feliz se não estiver confortável”.

Lendo esse livro, eu  tive  vontade de imprimir panfletos com vários trechos e distribuí-los para  pessoas sem noção que eu conheço – e aposto que muitos de vocês vão querer fazer o mesmo. Garanto que você dará muitas risadas quando  lembrar de  como muitas pessoas não têm noção alguma de como se comportar no mundo.

Agora, essa frase  que serve para mim, e acho que para muitas pessoas:

“Andei pensando nessa história de simplificar, e vejo que passei a primeira metade da minha vida querendo ter as coisas ― todas as coisas ― e estou passando a segunda metade querendo me desfazer das coisas, e ficar apenas com o essencial. Bem curiosa, a vida.”

“QUASE TUDO”

Esse é o livro de memórias de Danuza. Ela conta “quase tudo” sobre sua vida, suas festas, seus amores e também suas perdas, que deixaram grandes marcas. Uma rememoração da época de ouro das grandes metrópoles, com suas cinematográficas noites de gala.  Adorei! Inteligente, engraçada,  cheia de personalidade, vivida, independente, liberal, viajada,  ela compartilha vários momentos de sua movimentadíssima trajetória de uma tal forma que dá até pra se identificar com ela. Mesmo  sabendo que estamos  beeeeem longe de toda essa sua bagagem….. Mas, deixando  claro que a vida mostra  que sofrimento faz parte da trajetória humana, seja rico ou pobre.

Figuras importantes do Brasil e do mundo cruzaram pelo caminho de Danuza (de Getúlio Vargas a Mao Tse-tung).

“NA SALA COM DANUZA”

Manuais de etiqueta há muitos por aí. Nenhum deles, no entanto, teve o impacto deste Na sala com Danuza, lançado originalmente em 1992. O livro passou meses na lista dos mais vendidos – assim como o livro de memórias da autora, Quase tudo -, e a explicação é simples: aqui não se encontram regras dogmáticas, exageros, modismos. O que Danuza apresenta é quase uma crônica da vida em sociedade: os pequenos gestos que melhoram nosso dia-a-dia, o detalhe que faltava para um jantar perfeito entre amigos, a gafe que podemos evitar. E fica tudo  super atual, contemporâneo, pois  enquanto uma regra pode cair em desuso,  certas coisas permanecem, são eternas.  Basta saber observá-las.

Este manual de etiqueta se tornou um clássico da conduta moderna. Agora ganha uma  nova edição, Na sala com Danuza2.

” A POLÊMICA”:

Agora, uma coisa que não havia necessidade dela falar, pois causou grande reboliço em sua coluna semanal na Folha de São Paulo no final do ano 2012(novembro), ………..foi quando numa passagem, ela fala que “viajar para Nova York já não tem graça, pois até o porteiro do prédio pode ir pagando módicas parcelas mensais”……………

Por fim, depois de toda a polêmica e  reboliço causado, ela pediu desculpas, escrevendo:

“Existem dois tipos de pessoas: os que vivem para seguir o que está na moda em matéria de viagens, estilo, restaurantes, hotéis, etc., enquanto outros preferem viver na contramão. Eu pertenço ao segundo grupo: não gosto de multidões, não vou a shows, não vou a festas, não vou a restaurantes da moda e não viajo na alta estação, prefiro ficar em casa lendo um livro; falei sobre o porteiro como poderia ter falado sobre qualquer pessoa que faz parte dessa multidão que passa a vida indo atrás do que ouviu dizer que está “in”, o que para mim é apenas impossível. Lamento, foi um exemplo infeliz”.

NÃO HAVIA NECESSIDADE DISSO, VOCÊS NÃO ACHAM?

 

 E  para finalizar, vamos tomar  5 “copos” de vinho, por favor…… e não 5 taças, ok?

Beijo grande….

Paola.

volte-sempre2


3
abr

VESTIDO MALHA TIE-DYE!

Olá Queridas!

Ontem fotografei um dos vestidos que mais amei da coleção da Tigresse. Estou numa fase de vestidos de malha, porque são confortáveis e sempre gostei desse estilo, acho super charmosos e despojados. Esse vestido é todo em malha e tem um movimento lindo quando andamos. A estampa é um charme, com esse efeito tie-dye.
Confiram o look:

Sandro 06 048

Sandro 06 050

Sandro 06 051

Sandro 06 053

Sandro 06 059

Vestido, Tigresse / sandália, Daslu(antiga) / bolsa, Chanel / óculos, Illesteva / fotos, Sandro Albuquerque

Gostaram?

Grande beijo….
Paola.

volte-sempre